COMO ADMINISTRAR UM RESTAURANTE FAMILIAR?

COMO ADMINISTRAR UM RESTAURANTE FAMILIAR:

Ter uma empresa familiar tem suas vantagens, mas também pode ser perigoso se ela não for conduzida da melhor forma. Conflito de interesses, disputas internas, falta de disciplina, não saber separar a vida profissional da pessoal, parentes trabalhando no negócio (mesmo não tendo os requisitos básicos para isso), dentre outros fatores, podem ocasionar desde prejuízo até a falência do empreendimento.

O segmento de alimentação fora do lar, segundo o Sebrae, soma um milhão de empresas formalizadas, sendo que delas 93% são negócios familiares. Por isso, saber como administrar um restaurante e se preparar para os pontos que normalmente prejudicam esses empreendimentos é uma forma de fazer o estabelecimento da sua família continuar prosperando.

COMO ADMINISTRAR UM RESTAURANTE FAMILIAR
COMO ADMINISTRAR UM RESTAURANTE FAMILIAR

3 dicas importantes na hora de organizar a forma como administrar um restaurante familiar

Confira três tópicos em que você precisa prestar atenção para que não ocorram problemas no seu negócio familiar. Caso um deles esteja presente no seu estabelecimento, aprenda abaixo como corrigi-lo.

1. Autoritarismo

Muitos donos de restaurantes familiares assumem uma postura autoritária na maneira de tratar os funcionários e cuidar das finanças do próprio negócio. Isso porque os proprietários não sabem o que é ser contrariado e acabam doutrinando seus subordinados a seguirem suas ordens sem questionar. Para que a sua empresa se modernize, seus empregados precisam usar a criatividade, mas isso só acontecerá se eles não tiverem que ser sempre submissos. Então, mude sua forma de pensar e comece a implementar no seu negócio um modelo no qual a participação dos funcionários é importante.

2. Perda de capital do restaurante para uso próprio

Para que o dinheiro do restaurante não seja usado para fins inadequados, é necessário separar a sua vida pessoal da profissional. Então, determine os cargos, as funções e o quanto cada membro da família irá ganhar. Assim você proíbe a retirada de dinheiro do caixa para gastos que não são para investir no negócio.

3. Favorecimento de parentes

Os parentes e familiares, assim como qualquer outro funcionário, precisam passar por avaliações de desempenho e não podem assumir cargos para os quais não estão preparados. Além disso, não promova um familiar se ele não tiver merecimento. Se alguém não tiver o conhecimento necessário para executar uma série de funções, o melhor é que ele se afaste do negócio para que não cause eventuais problemas ou que procure se aperfeiçoar.

Colocando essas dicas em prática para modificar a forma como administrar um restaurante familiar, seu negócio estará seguindo a receita do sucesso e sua empresa conseguirá sobreviver por muitos anos, passando de geração para geração.

Continue navegando pelo site e tenha acesso a mais conteúdos como este!

banner post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *