Restaurantes: Como Calcular o Cardápio por Pessoa?

Para que não ocorram prejuízos financeiros ou sobras de alimentos, é importante que todo restaurante ou buffet saiba como calcular o cardápio por pessoa. Assim, os donos gastam somente o necessário e ainda evitam o desperdício de comida, que, infelizmente, ainda costuma ser grande em muitos estabelecimentos.

Pensando nisso, reuni dicas valiosas que podem ajudar você a ser mais assertivo na quantidade produzida de pratos, lanches, doces e receitas em geral, especialmente para restaurantes por quilo e self service. Veja!

Tenha um controle minucioso do que é vendido

Para aprender como calcular o cardápio por pessoa é preciso ter uma média da quantidade de alimentos consumidos, e isso só pode ser obtido com muito controle.

As comandas para restaurantes, principalmente aquelas que especificam até as gramas do produto ou prato, são bem úteis. Mas também é possível fazer essa gestão por meio da ficha técnica, um documento que todo comércio alimentício precisa manter atualizado.

Trabalhe com médias por períodos

Tendo em mãos as informações de tudo o que é entregue para o cliente, você poderá encontrar a média de pessoas que frequentam o seu estabelecimento e ainda a quantidade especifica que cada um consome.

O melhor de tudo é que, com esses dados, conseguirá calcular a quantidade média que deve produzir para um mês, uma semana ou até mesmo para um dia específico, como nos domingos ou em datas sazonais (quanto já tiver um histórico registrado).

Faça verificações nas balanças

Caso tenha um restaurante por quilo, saiba que não adianta nada aprender como calcular o cardápio por pessoa se a balança estiver desregulada.

Portanto, a minha dica é que faça verificações constantes nesses aparelhos. Qualquer imprecisão, seja no preço ou na quantidade, pode influenciar as suas médias calculadas, alterar a produção e ainda causar prejuízos.

Estude o seu público-alvo

Se atentar à quantidade consumida é importante, mas conhecer o perfil, ou melhor, o gosto dos seus consumidores também é uma dica relevante para aprender como calcular o cardápio por pessoa.

Aqui, novamente a ficha técnica se faz necessária. Como ela contém uma estimativa de perda de cada receita, facilita a identificação daquelas que são mais e menos consumidas.

Isso melhora o planejamento do que deve ser preparado e é vantajoso tanto para a saúde financeira do estabelecimento quanto para o cliente, que não vai se decepcionar ao saber que determinada receita acabou.

Você já faz esse estudo ou cálculos parecidos? Compartilhe sua experiência e seu método no campo de comentário e continue navegando pelo meu blog para saber como montar um cardápio de restaurante vendedor e aprender diversas outras dicas.

banner post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *