Como Montar um Cardápio para Marmitex?

Para quem quer começar a vender marmitex, uma das primeiras coisas a se pensar é no cardápio. Afinal, é a partir da definição dos pratos de cada dia da semana que será feito o planejamento do seu negócio. Então, se você quer e precisa aprender como montar um cardápio para marmitex, confira este artigo. Nele, você vai conferir dicas que ajudarão a planejar o seu.

Como escolher o que servir?

Antes de mais nada, vale lembrar que é preciso definir quem será o seu público-alvo. Afinal, isso influencia diretamente na escolha do cardápio. Se, por exemplo, os seus clientes forem de classe média, você pode apostar em produtos que sejam mais caros, como peixes.

Agora, se você quiser abranger um número maior de consumidores, vale a pena montar pratos executivos e oferecer opções de alimentação de preços diversos, que incluam desde salmão até carne de panela. Além disso, é preciso pensar em acompanhamentos, como couve e batata. Você servirá salada? Os pratos serão sempre compostos por arroz e feijão? Esses são pontos que também precisam de atenção.

Vale ressaltar que não é necessário seguir o clássico prato executivo. Abuse da sua criatividade e encontre um diferencial para o seu negócio. Que tal deixar o cliente montar o prato? Ele pode, por exemplo, escolher a proteína e mais três acompanhamentos. Outras boas opções são os marmitex saudáveis e os veganos. Além dessas opções, é possível montar pratos apenas com massas.

Só tome cuidado em não abrir demais as possibilidades de pratos. Isso porque, dependendo do tipo de comida oferecida, você precisará de uma embalagem adequada para cada uma. Se as opções forem muito diversificadas, isso pode gerar um custo a mais.

Mas, afinal, como montar um cardápio para marmitex?

Depois de escolhidos os pratos que serão servidos, chega a hora de aprender como montar um cardápio para marmitex. Os melhores cardápios possuem, além do nome de cada prato, os preços e uma descrição, que deve ser chamativa. Se possível, vale a pena colocar fotos bonitas e atrativas, para fazer os clientes sentirem ainda mais vontade de fazer o pedido. Além de despertar o desejo, essas informações economizam tempo na hora do pedido.

Lembre-se ainda de deixar claro no cardápio se há apenas uma opção de prato por dia, se todos podem ser escolhidos durante toda a semana etc.

Agora que você já sabe como montar um cardápio para marmitex, aproveite para colocar as dicas deste artigo em prática e comece o seu negócio. Com a vida corrida que a maioria das pessoas levam, ter uma opção de alimentação que caiba no bolso é muito interessante. Para você, empreendedor, vale a pena apostar nesse ramo.

Continue acompanhando o blog para ler mais conteúdos que ajudarão o seu negócio do setor alimentício.

banner post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *